sábado, 6 de agosto de 2016

O espetáculo não pode parar! Mas a saudade e o gostinho de quero mais, sempre ficará.

Um dos momentos mais plenos de autonomia do OFICENA, ocorre no exato momento em que praticamente todo o segmento de teatro de Cabo Frio busca sua própria autonomia. 
Depois de 4 anos de ação continua, a única certeza que temos é que do "futuro incerto", para isso e por isso, o maior empenho é se livrar do apego e investir pesado em autonomia artística. 


Um espetáculo totalmente criado e organizado por alunos sedentos por
autonomia artística e entendimento das complexidades de um possível
futuro, OFÍCIO, quem sabe?
Oferecer aos jovens um gostinho de quero mais e, torcer para que a ação continua do teatro na cidade se construa a partir de ações independentes e ousadas. Há muito que fazer, mas também já podemos comemorar. A união de alguns nomes de peso da cidade, para criar mais oportunidades para o teatro local, se não vingou totalmente, ao menos conseguimos um grande intento. Despertar novas gerações. E isto não é pouco.
Hoje e amanhã (Sábado dia 06 e domingo, dia 07), será mais um marco histórico do teatro local, mais uma vez, o CENAS CURTAS DO OFICENA 4, vai mostrar a que veio, só que desta vez, o estudante de teatro é o dono do espetáculo. Todas as cenas escritas, planejadas, dirigidas e pesquisadas por eles mesmos, que se articularam e se organizaram, para garantir a festa que, hoje, será aberta ao público. Foram muitas as manifestações de amor ao teatro, descobertas que adolescentes e jovens estão fazendo, como se fosse o primeiro amor de suas vidas. Empenhando-se, cada vez mais, num fazer complexo, que exige disciplina e respeito mútuo; companheirismo e paixão. 
No teatro, é possível desenvolver grandes habilidades individuais, mas tudo precisa estar a serviço do coletivo, porque não existe "teatro de uma pessoa só", o teatro foi criado para juntar as massas e conectar os coletivos, em forma de grupos por afinidade e compromisso e é disso que a tradição se sustenta e é por isso que o legado GREGO permanece até hoje. O tempo vai passando e o desejo de mostrar a arte de ator para o público, só aumenta, e que pese todas as dificuldades da vida, comum, no momento que esta geração está passando, mas fluida e pródiga em desejo de construção e reconexão com o próprio existir.

O MUTIRÃO DA GRATIDÃO

Alunos compartilhando material de limpeza e acessórios para cuidar de sua casa de espetáculo, um gesto de amor à casa que
sempre o acolheu.
4 anos funcionando dentro do teatro municipal de Cabo Frio, o OFICENA sempre ajudou a cuidar do teatro, quer seja, zelando por suas instalações ou, mais ainda, formando plateias para prestigiar todos os tipos de eventos que por lá passaram até agora. Sempre, e de forma feliz e espontânea, o aluno fez o possível para estar presente no calendário artístico do teatro local e de fora. Mas agora, num momento de crise econômica, que assola não apenas Cabo Frio, mas o mundo inteiro, os estudantes de teatro, sem perder sua visão crítica da realidade, entendeu que era o momento de contribuir para manter a "casa limpa" e, por isso, realizaram, juntos um dos mais belos atos coletivos que até hoje tive a alegria de presenciar. A limpeza do Teatro Municipal de Cabo Frio. 
Foi bonito de ver, jovens e adolescentes, se acotovelando pelos bastidores do tearo, compartilhando acessórios e material de limpeza, fazendo escala e organizando o trabalho para esperar o público que virá, sábado e domingo, assisti-los em suas criações mais variadas. Todos felizes, acreditando no melhor e dando o seu melhor, para obter, em troca, o sorriso e a paixão que só o público, neste momento, pode dar. O público é a razão da arte, é para ele que levamos nosso melhor e é dele que esperamos o melhor, sempre com consciência e vontade de crescer e melhorar cada vez mais.

SAUDADE DO PROFESSOR ITALO

Afastados por questões de força maior, o professor Italo Luiz Moreira, deu o melhor de sua vida artística ao OFICENA, deixou uma marca e ajudou a construir o resultado artístico que hoje a cidade vive. Não são poucos os jovens que lhe são gratos, e que buscam, de forma ativa e produtiva, honrar a relação vivida com o nobre mestre do teatro local, conhecido pelo seu rigor técnico e pela maneira profunda como busca construir e distribuir sua arte.


A conquista da autonomia exige um longo caminho de troca, organização
e doação de si para a construção de um sonho que é de todos.
TURMAS INFANTO-JUVENIL E JOVEM UNIDAS NUMA MOSTRA INESQUECÍVEL.

Desde 2013, se reunindo sempre as segundas e terças feiras, das 14 às 17h. e das 19 às 22h. O OFICENA construiu uma rotina de ocupação do teatro municipal, semanalmente, que contribuiu para a ecologia artística da cidade. Muitos jovens escreveram novas linhas em seus destinos e estão empenhados nesta busca maior, por um teatro de qualidade. São notícias boas que não param de chegar, como a criação de espaços independentes para a manifestação da arte e construção de novos grupos de teatro. Além de grupos de estudos que vão, aos poucos, delineando uma ecologia mais potente no teatro local. Muito jovens ainda se perguntam o que estão fazendo, enquanto alguns outros já estão, simplesmente, inventando o futuro que desejam para si. A arte é um projeto de invenção de si e não apenas de repetição de fórmulas. Parabéns a esta geração.
VEM AÍ, MAIS UM "CENAS CURTAS DO OFICENA", EDIÇÃO NÚMERO 4.

quinta-feira, 4 de agosto de 2016

CENAS DO OFICENA, BAILEI NA CURVA E ENSINA ENCENA - A RESPIRAÇÃO FORTE DO TEATRO DE CABO FRIO.

Quem, nesta segunda-feira, dia 31 de julho, esteve no TEATRO QUINTAL, pode assistir a um belo momento de teatro interativo com o pessoal do Ensina Em cena. Um belo momento onde os jogos de improvisação para teatro, reuniu três professores convidados, junto à equipe do curso em si.
Isso a menos de uma semana da primeira agenda paralela de Cabo Frio, onde, as agendas do Teatro Quintal e Teatro Municipal de Cabo Frio, não estarão competindo pelo mesmo público e sim, criando uma diversidade de procura para ambas as casas, o que mostra a maturidade do teatro local, chegando em tempos de grande impulso

Débora Diniz, Bruno Silva e Jiddu Saldanha (este que vos escreve) estiveram, a convite de Fabio Carvalho de Freitas, do Ensina Encena - Curso Livre de Teatro, para viver um momento de rara emoção, envolvendo estudantes infanto-juvenis e adolescentes, junto a seus familiares para uma divertida viagem pelo mundo da improvisação teatral. Técnicas modernas de conhecimento precioso na arte do ator, capitaneados pelo idealizador do Curso Mais antigo de teatro de Cabo Frio, o professor, diretor e produtor Fabio Carvalho de Freitas.
Ver as famílias dos estudantes, vibrando e felizes por ter seus filhos, assistidos por uma equipe competente e dedicada, mostrou que o teatro é mesmo, sem sombra de dúvida, uma forte vocação de Cabo Frio voltada para todas as classes sociais. Poder contribuir, através da arte, para a educação dos filhos é uma tarefa dura, assumida pelo Ensina Encena mas que, depois de tanta luta, vem dando os frutos que o curso merece. Organização, e muita energia positiva não faltou, além de um ótimo serviço oferecido pela equipe do novo e moderníssimo teatro particular que está dando a Cabo Frio, muita energia de amor à arte. O teatro quintal, que, pelo que pude sentir, é, também, a nova sede onde o curso está se instalando.
Fabio explicou para o público o porque de convidar professores de outros cursos para fazer parte daquele evento, ao mesmo tempo que ofereceu à sua clientela, diversão de qualidade, também construiu um caminho bonito e iluminado para que a sociedade cabofriense soubesse quem são alguns dos professores e facilitadores que contribuem para passar o conhecimento básico do teatro para as gerações que estão chegando.

Bailei na Curva, um Clássico do Teatro Brasileiro, em cartaz o Teatro Quintal.

Pratica de Montagem do Teatro Quintal traz o espetáculo "Bailei na Curva".
um clássico da dramaturgia nacional.
Outra feliz estréia e com os ingressos praticamente esgotados para este final de semana, a montagem-escola, do primeiro espetáculo realizado no curso de Montagem, do Teatro Quintal, um estilo diferenciado de oficina onde o aluno aprende a fazer, fazendo. Com uma time de alunos aplicados somados a artistas experientes do grupo Creche na Coxia, a nova montagem reúne um verdadeiro arsenal artístico para recriar uma obra monumental do teatro brasileiro; a peça gaúcha "Bailei na Curva" de Julio Conte. 
Lembro, quando esta peça esteve em Curitiba, por volta de 1984 e já havia ganho os principais prêmios nacionais da época, viajava o Brasil e emocionava plateias e revelando os porões dos anos de chumbo, vividos pelos gaúchos, sede do 3º Exército e, de onde partiu a força repressora que comandara a ditadura militar brasileira. A peça, "Bailei na Curva", tornou-se um clássico nacional e um dos espetáculos mais montados da história do teatro brasileiro, principalmente, por grupos iniciantes. Passou a ser um dos principais impulsos das escolas de teatro dos anos 90 e que contribuiu para alertar os jovens sobre o que fora o regime de exceção no Brasil.

SERVIÇO:
"Bailei na Curva"
Direção: Silvana Lima
Autor: Julio Conte
local: Teatro Quintal
Endereço: Rua Américo Ferreira da Silva nº 3 - Parque Burle - Cabo Frio / RJ
TEL: (22) 2645-2476
Ingressos antecipados e na hora: R$ 10,00

"Cenas do Oficena 4" - Uma usina de criação onde os alunos protagonizam a festa.

Autonomia em cena, na criação de um espetáculo todo
pensado e criado por alunos do OFICENA - 2016.
Depois de instalado, em 2013, o OFICENA ocupou uma boa parte da agenda teatral da cidade de Cabo Frio, com atividade impactante no teatro local, o curso foi idealizado para realizar a retomada da atividade livre de teatro e envolveu uma logística complicada para chegar até a juventude das periferias e cidades vizinhas. Tem sido uma espécie de iniciação à pratica do teatro enquanto fazer, tanto artístico quanto técnico. O resultado foram 4 anos de profunda investigação e mergulho num fazer que envolveu as cabeças pensantes do teatro da cidade. Dando passos importantes, o OFICENA se afirmou como um espaço não só de estudo mas também de fomento humano para as atividades cênicas da cidade. 
O "Cenas do Oficena 4" é a quarta versão do encontro anual, onde os alunos mostram seu talento e seu fazer teatral, dessa vez, a novidade é autonomia completa dos estudantes para criar suas obras e mostrar ao público de Cabo Frio. Desde a criação das peças ao modelo de espetáculo que será mostrado ao grande público, nada escapou à participação dos pupilos, que estão felizes com mais esta realização. Em tempos difíceis, onde o destino do curso está em suspenso, todos estão abraçando a causa para contribuir de forma efetiva para as artes locais.

SERVIÇO:
"CENAS DO OFICENA 4"
local: Teatro Municipal de Cabo Frio
Endereço: R. Aníbal Amador do Vale, s/n - Algodoal, Cabo Frio - RJ
Hora: 18h.
Ingressos na hora: R$ 5,00