quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Uma fotógrafa de se tirar o chapéu - Mariana Ricci!

Mariana Ricci é o nome da fotografia em Cabo Frio e região, seu trabalho, com muitas vertentes, tem uma que é bem especial. Fotografar cenas teatrais. Um trabalho visual narrativo, que acompanho a mais de 10 anos.
A construção do olhar de Mariana, passa por diversos suportes e uma série de possibilidades, e, sem dúvida sua marca mais forte é a generosidade. Conhece a cena teatral de Cabo Frio, por dentro e, talvez, por isso mesmo, ela é tão indicada para repassar conhecimentos tão importantes para quem quer construir seu próprio olhar sobre a arte local. (Jiddu - Blogueiro)

Mariana Ricci já fotografou grandes eventos de Teatro em Cabo Frio: FESQ,
FESTSOLOS, são dois que vale a pena citar! Ela também fotografou grupos de
teatro e seu clique é conhecido de todos os artistas da cidade.
Cabo Frio recebe 1ª Oficina de Fotografia Cênica

Acontece neste sábado (10), no período das 10h às 16h, a primeira Oficina de Fotografia Cênica de Cabo Frio. O pequeno curso será dado pela fotógrafa Mariana Ricci, que atua na área desde 2008. O local escolhido para o dia de aula foi o Espaço Usin4, na Rua Geraldo de Abreu, número 4, no Jardim Excelsior.
Segundo Mariana, a ideia para a oficina surgiu no ano passado enquanto assistia a um espetáculo no Teatro Municipal de Cabo Frio.
- Vi que o grupo tinha um fotógrafo, mas ele não se comportava de maneira muito correta no ambiente teatral tirando a atenção do público muitas vezes. Foi a partir daí que comecei a juntar dados para poder dar uma oficinal especial – revelou a fotógrafa, ressaltando ainda que apesar da oficina atrair outros colegas de profissão, a ideia é chamar também membros de grupos teatrais.
Clique no ator Ravi Arrabal durante a
apresentação de ILIADA - 2014
É importante que diretores, atores e demais profissionais de teatro tenham uma mínima noção fotográfica. Isso ajuda não apenas na hora de economizar, mas também na hora de montar cenas, por exemplo – conta Mariana.
Junto a tudo isso, a vontade de levar para outras pessoas o que aprendeu nesses oito anos de espetáculos de palco, rua, esquetes, espetáculos de dança e circo, fez com que a timidez fosse deixada de lado.
- Acredito que devemos passar à frente o que sabemos. Guardar conhecimento nos torna egoístas e acabamos nos perdendo no nosso ego. Trocar conhecimento é a chave para vivermos melhor em sociedade e com a gente mesmo – comenta a fotógrafa.

Porque aprender a fotografar espetáculos?

Um artista de Referência, Rodrigo Rodrigues
já é íntimo dos cliques de Mariana Ricci.
Um olhar aguçado, aquele clique na hora certa, pode mudar o destino de um artista. Certamente, Mariana já viveu isso. Poder ver o artista crescer, criar sua própria teia relacional e se conectar com seu público é, um crédito que não vai só para o artista em si, mas, também, para o fotógrafo que deu o flagrante na hora certa.
Fotografar artistas é um estilo quase sob pressão, requer senso de oportunidade, observação e domínio dos dispositivos básicos da câmera. Para chegar a um nível de performance como o de Mariana Andrade, é preciso, acima de tudo, amar o que faz e isso ela não tem pudor de mostrar. Quem vir seu trabalho, tiver a sorte de percebê-la em um evento, vai topar com muita concentração, domínio do olhar, do equipamento e, claro, todo um suporte artístico possível de encontrar em suas páginas da internet e facebook: FLICKR e DONA MARIANA FOTOGRAFIA!

Não perca, este é um momento especial e único para aprender com quem sabe de verdade. Corra atrás, vagas limitadas:

SERVIÇO:

Oficina de Fotografia Cênica.
Data: 10.12.2016
Hora: Das 10 às 16h.
Fotógrafa: Mariana Ricci
Local: Espaço Cultual Usina 4
Endereço: Rua Geraldo de Abreu n. 04 - Jardim Excelsior - Rua da Ampla.